Alma

Aflita, ela grita, ela questiona, sem pensar

Ela só quer questionar, desesperar

Tem cicatrizes abertas, e pede pra alguem curar

Inquieta, violenta, e sangrenta… me faz chorar

Sozinha, perdida, e fria… me faz duvidar

Quem pode me socorrer? ou me consolar?

Ele pode, ele vai, minha alegra espalha

pois teu amor não falha.