Suas manchas em mim

A dor que você me deixou,

as más lembranças que causou

porque não me poupou?

“não se faça de vítima”

você me disse com cisma

a verdade é que eu era a isca.

Você fala de confiança e amizade,

me escondendo a verdade

pra aprimorar sua vaidade

ou satisfazer sua vontade,

esquecendo minha humanidade.

Espero que você esteja de boa,

assim cresça como pessoa,

que nada de ruim te ocorra,

e oque você me causou… morra.

Alma

Aflita, ela grita, ela questiona, sem pensar

Ela só quer questionar, desesperar

Tem cicatrizes abertas, e pede pra alguem curar

Inquieta, violenta, e sangrenta… me faz chorar

Sozinha, perdida, e fria… me faz duvidar

Quem pode me socorrer? ou me consolar?

Ele pode, ele vai, minha alegra espalha

pois teu amor não falha.

Margarida

Margarida são brancas, rosas são azuis…

Não! Sem clichê nenhum… Até porque

Não estamos falando de algo cumum

Não tem palavras pra descrever, sua inocência e criatividade

Ela se reluz na verdade, e não só na verdade

Ela é boa com sensibilidade, é uma beldade!

Espontânea e aventureira, que não se enche de besteiras

As pessoas não lhe compreende, mas tudo bem…

Até porque quem vive no deserto não esta acostumado com flores

Margarida, minha querida, floresça a luz do dia

Saiba da sua importância, que você é a mais bonita de todas as plantas

E também vou te contar um segredo, mas por favor nao tenha medo…

Você tem um dom peculiar; é mais sensível a Jesus e seu falar

E aqui vou terminando, pois estou me alongando

então só queria te dizer, que você é importante ao meu viver.

O escudo místico

Escudo forte, resistente, impenetrável

objeto de defesa mas também de ataque

assim vejo você, como escudo….

e sabe onde vive os escudos? na guerra!

você é como um escudo, protetor, intimidador

e nessa guerra não importa o tanto de armas

que os inimigos me atacam

esse escudo é resistente, e incombativel

se eu estiver numa guerra com esse escudo

eu estarei do lado vencedor.

Destruidor de sonhos

oh monstro, não venha destruir minha liberdade!

eu era livre, sem limites, e você me pegou

me prendeu, com suas normas e regras

agora não estou mais livre,

o mostro, ou melhor o fiscal veio com regras

e dizer oque fazer ou não fazer,

estou limitada, afrontada, e pressionada.

monstro de regras inúteis, vai embora!

pois sou livre,

pode limitar até aonde um aventureiro ir?

vai embora monstro, suas regras são grandes…

não cabe no meu mundo…

ainda que ele seja grande.

O amor me encontrou

Não há um homem que não se torne um poeta quando se encontra o amor.

E eu encontrei, esse amor me deu definição, conceito, norte, esse amor é perfeito.

Já estive em muitos lugares e nunca achei um amor assim.

Já encontrei interesses disfarçado de amores

Já encontrei maldade em gente boa

Já confiei em homens,

fiz do seu braço a minha carne

esquecendo do verdadeiro amor,

Já procurei paz em guerra

Já procurei prosperidade em morte

Tudo isso foi um erro? Sim

Mas um erro que cometeria varias vezes,

pois só assim fui capaz de te amar, e ve o quanto sou amado.

Até se tornarmos um.

Guerra Infindável

O silêncio me faz ouvir sua voz

mas consequentemente o volume da minha alma aumenta

Ela quer suprir as necessidades com coisa momentâneas

pai não quero regrassar, nao deixa que minha alma me engane, é uma armadilha!

e que eu não me deixe levar por momentos breve

um abismo chama outro, pai me mantenha firme, não por mim, mas pelo meu propósito que tenho em ti.

Não deixe eu cair nas minhas próprias armadilhas,

essa sim pode me levar ao inferno sem volta.

Madrugada silênciosa,

ao ponto de eu conseguir ouvir meus desejos ansiando pelo pecado,

pai me mantenha firme.

Eu não nasci pra isso, eu nasci pra fazer sua vontade.

Pai que seja feita sua vontada, e que diminua a minha, ao ponto de ser nula.

A minha felicidade é que conheçam a ti, e como posso fazer isso,

se nem eu dou o verdadeiro testemunho em ações?

Pai eu sou indigna, me de a morte, eu mereco isso, a morte.

Pai continue com sua misericórdia, pq ela me faz viver,

ela me faz continuar tentando,

enquanto eu estiver viva,há esperança.